• A Comissão Especial de Estudo para o Novo Ordenamento Econômico, Administrativo, Social e Político do Tocantins (CENOVO), com apoio pedagógico da Universidade Federal do Tocantins (UFT), realiza sessão itinerante na Unest.

    Na sexta-feira, 18/08/17, A Comissão Especial de Estudo para o Novo Ordenamento Econômico, Administrativo, Social e Político do Tocantins (CENOVO) realizou na Unest em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) sessão itinerante para discussão sobre como enfrentar os problemas do Estado e apontar soluções, para desenvolver políticas públicas de solução.

    O Deputado Paulo Morão, na qualidade de presidente e relator da Comissão, presidiu a mesa de honra da solenidade de abertura, que foi composta pelas seguintes autoridades: Deputada Valderez Castelo Branco, Vice Prefeito de Paraíso do Tocantins Celso Soares Regos Morais, Prefeito de Palmas Carlos Amastha, Deputado Osires Damaso,  Vice Presidente do Tribunal de Contas – TO Conselheiro Severiano José Costandrande, Subprocurador Geral de Justiça – TO Promotor José Omar de Almeida Junior, Diretor do Núcleo Regional de Palmas da Defensoria Pública – TO Defensor Leonardo Coelho, Administrador Odilon Dutra, Secretário Estadual de Planejamento e  Orçamento – TO David Torres, Presidente da Câmara de Vereadores de Paraíso Vereador JC, Representante da União de Vereadores do Estado do Tocantins Vereador Tiago Andrino, Secretário de Desenvolvimento Urbano e Regularização Fundiária de Palmas Deputado Ricardo Ayres, Diretora da FECIPAR Sonia frança, e a Diretora da Unest Janaína Mendes.  Também estava presente o Professor Doutor em Economia da UFT Valdecy Rodrigues.

    Encerrada a solenidade de abertura, o Professor Doutor Valdecy Rodrigues dividiu os presentes em cinco grupos temáticos para a realização da discussão: I  Política de desenvolvimento, projetos estruturantes de investimentos, cadeias produtivas e sustentabilidade ambiental; II Política fiscal, tributária, de pessoal e previdenciária; III Política de ciência, tecnologia, inovação, educação e cultura empreendedora; IV Política de segurança pública, defesa e inclusão social; V política de saúde e bem estar. Após a discussão foi elaborado um relatório com possíveis diagnósticos sobre os problemas enfrentados pelo estado e as políticas públicas que deveriam ser adotadas para atingir a meta de dobrar o produto interno bruto (PIB), fazer a retomada da confiança em um estado eficiente e promover a redução das desigualdades sociais, o desenvolvimento de tecnologias inovadoras,  educação, saúde, segurança pública, cadeias produtivas e sustentabilidade ambiental. Serão realizadas outras sessões itinerantes na Capital e em outros municípios do estado e, com base em todos os relatórios regionais, será elaborado o relatório final pela CENOVO com o fim de apresentar o diagnóstico competitivo do estado do Tocantins.